O Homem Símbolo

O homem por excelência, o maior de todo os homens, Aquele que simbolizou toda a Humanidade, o homem-deus, que divinizou todos os homens, dando-lhes por Pai o Pai Universal e por mai a Potência Creadora da Divindade, Jesus, o Cristo, é do qual estudaremos o simbolismo de sua vida incomparável.


Já os profetas anunciavam ao seu respeito, que Ele viria representando toda a Humanidade no sentido espiritual. E, em efeito, nasceu o menino sem ter pai material simbolizando assim espiritualmente a toda a humanidade, que tem com Jesus Cristo, um só Pai de toda ela.


Nasce o menino, como nasceu a humanidade, comendo leite e mel, até discernir entre o bem e o mal, como diz o Profeta Isaías, assim, também a humanidade, no princípio de sua evolução espiritual, serve-se de leite e mel, até alcançar o discernimento, que lhe capacita para maiores conhecimentos.


Cumprindo-se as profecias de Daniel: “Na sua mocidade serão abertos seu ouvido e visão espirituais”, simboliza os dons de ver e ouvir espiritualmente, que se recebem seguindo a doutrina do senhor.


E, a medida que o menino crescia, crescia nele o espírito Santo e crescia em graça do senhor, simboliza, o crescimento espiritual dos homens, percorrendo o sendeiro crístico, a volta ao Pai, sapientissimamente explicada na famosa parábola do Filho Pródigo.


A perdida do menino em Jerusalém, simboliza a despreocupação dos homens pelas cousas da terra, quando na sua meninice espiritual se encaminham para Deus. O tempo que transcorre, desde aquele até  os trinta anos em que deu princípio a sua vida pública, , dezoito anos que passaram no mistério, do que a humanidade nada certo sabe, simboliza o tempo que opera em mistério o Espírito Santo de Deus, proporcionando ao adolescente a ao homem, todo o Conhecimento necessário para chegar a sua plenitude espiritual, ao mesmo tempo, que Jesus cumpria com os seus deveres materiais ajudando ao seu pai putativo, José, o carpinteiro, isto simboliza, que materialmente todos os pais materialmente considerados são putativos de todos nós, em relatividade ao Espírito, que é o nosso verdadeiro Pai Eterno, porém, que devemos cumprir como ele com nossos deveres, honrando-os, conforme o ordenado pela Lei dada a Moisés.


A Mãe de Jesus, a santíssima Virgem Maria, simboliza a Vontade de Deus, que nos ama e nos cuida, desde o nascimento espiritual. O mais recôndito simbolismo de Vontade Divina, simboliza o amor maternal, esse amor natural que tem toda mae pelo seu filho, e que se exterioriza até nos animais irracionais, por essa Vontade Onipotente, que é todo Amor, como acertada e longamente fala o Apóstolo São João, pelo que recebeu o nome de o Apóstolo do Amor, que definiu Deus dizendo: “Deus é amor”.


A sua entrada de Cristo no Céu simboliza todas as almas, que transformadas em anjos, tem que regressar a Deus: “No final, todos serão salvos”.
Jesus Cristo foi o primeiro em ver ao Pai, o primogênito entre muitos irmãos...
Deus na terra, é o Caminha de restauração. Assim, Jesus realizou a Doutrina de obediência a Deus na sua perfeição, dentro dos mandamentos e estatutos que recebera do Pai Celestial, e que ele nos ensinou com a sua palavras e com a sua vida cheia de sacrifício: “Pelo muito que ele padeceu, aprendeu a obediência pelas cousas que sofreu e tendi sido aperfeiçoado, tornou-se o autor da salvação eterna de todos os que lhe obedecem. “que constitui a base do primitivo Cristianismo”.


O simbolismo na sua maior grandeza se manifesta quando Jesus aos trinta anos de idade, começou a sua vida pública e principia seu ministério ai está caracterizada a situação dos santos, daqueles, que como seus apóstolos e discípulos, após terem praticado a obediência com a vinda sobre eles do Espírito Santo, recebem como Cristo Jesus a sua respectiva capacidade divina, inspirados pelo Espírito Santo, que lhes fala e dirige em seus respectivos ministérios nas primeiras igrejas do Senhor.


Tarega elevado duma beleza sem par é a que se nos apresenta, já como simbolismo somente, mas como caminho certo de alcançar a...

 

Texto incompleto
 

(51) 9 9768-6024

©2020 por Sociedade de Filosofia Transcendental. Orgulhosamente criado com Wix.com